são paulo através do espelho

 

 

Espelhos e vidros que refletem tudo a sua volta, refletem a mim e ao outro, a paisagem e a si mesmos; fundem planos, fragmentam paisagens e formam uma única e fascinante imagem. Ao observar a interação das pessoas com estes materiais, foi possível perceber tanto a fixação com a auto imagem, quanto o descaso que a correria do dia a dia lhes traz. Mas, acredito que, mesmo inconscientemente, os reflexos causam algo no homem da cidade.  Somos todos Narcisos na metrópole: nossa imagem volta como a imagem do Outro num fluxo contínuo de reflexões que acabam por anular-se. Cabe a nós repararmos nesse intrigante jogo de espelhos com nosso próprio olhar, transformando o espetáculo em que estamos inseridos também em uma experiência autêntica e reflexiva.

São Paulo, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s